Varizes no colo do útero ou ovário pode causar dores abdominais crônicas

A formação de varizes pélvicas pode ser um dos motivos das cólicas abdominais intensas e da dispareunia. O post de hoje é sobre isso. Confira!

As varizes pélvicas se formam por causa da dilatação das veias ovarianas e uterinas, que impedem a volta do sangue para o coração. É uma doença que acomete principalmente mulheres, após os 30 anos, com duas ou mais gestações. Também é comum em pacientes que apresentam disfunções hormonais.

Estudos mostram que a principal causa da doença é a diminuição do hormônio feminino estradiol, um importante agente na dilatação das veias dessa região. A pesquisa aponta ainda que, 30% das mulheres sofrerão desse problema em algum momento da vida.

Os principais sintomas da patologia são muito parecidos com sintomas de outras doenças ginecológicas:

- Dores pélvicas crônicas;

- Dispareunia (dor durante a relação sexual);

- Sensação de peso antes da menstruação;

- Cólicas intensas;

- Maior suscetibilidade a quadros depressivos.

Há dois métodos possíveis para o tratamento de varizes pélvicas: o uso de medicamentos específicos para a secagem das varizes ou cirurgia (embolização das artérias uterinas). Cabe ao ginecologista e à paciente optarem juntos pelo melhor tratamento.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários