Síndrome dos Ovários Policísticos - O que é e como se forma

Olá! Hoje, eu começo uma série sobre a Síndrome dos Ovários Policísticos. Durante o mês de setembro, vou esclarecer o que é a Síndrome, seus sintomas e suas consequências para saúde a curto e longo prazo.

A SOP é a endocrinopatologia mais comum nas mulheres e pode ser associada a outras doenças que tendem a afetar a saúde e o bem-estar geral da paciente.

Para entender, é preciso saber que pelo menos 30% das mulheres apresentam ovários com múltiplos "cistinhos", ou seja, têm aumento do volume do ovário e formação de várias "bolinhas" chamadas de folículos antrais, isto é absolutamente normal!!

Já a Síndrome dos Ovários Policísticos se compõem por: 

1. presença desses "cistinhos", associado ao  hiperandrogenismo – excesso de hormônios masculinos (seja diagnosticado clinicamente através de acne e excesso de pêlos ou seja pelo aumento destes hormônios através do exame sanguíneo) e/ou irregularidade menstrual (intervalo entre os ciclos menstruais longos ou ausência de menstruação). 

Portanto, possuir cistos no ovário não significa que a paciente tenha a S.O.P. Essa patologia acomete entre 4 e 10% das mulheres. 
Realizar acompanhamento ginecológico regularmente é a melhor forma é essencial para o diagnóstico e tratamento do problema. No Próximo post, eu falarei sobre as causas e fatores de risco da doença. Até lá! 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

3 Comentários