Síndrome dos Ovários Policísticos e infertilidade

Olá, meninas! No post de hoje da série sobre infertilidade, eu falarei sobre o papel da Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) na dificuldade de concepção. Confira!

Estudos apontam que a SOP é responsável por 30% dos casos de infertilidade conjugal, e atinge 10% das mulheres que não ovulam de forma correta. Nesses casos, é comum que as pacientes apresentem ciclos mais longos e algumas permaneçam até meses sem ovular.

Os fatores que causam a Síndrome não são totalmente conhecidos , mas sabe-se que há um fator genético que interfere no problema. Estudos apontam que mulheres que tem parentesco direto com portadoras da patologia tem 50% de chance de apresentar cistos no ovário. 

A principal causa porém da Síndrome dos Ovários Policísticos é proveniente do excesso de produção de insulina, que provoca as alterações hormonais responsáveis pelo desenvolvimento da SOP. 

O problema pode ser tratado pelo uso de medicamentos e principalmente anticoncepcionais hormonais. Assim, mulheres que desejem engravidar podem regularizar a ovulação, aumentando a chance de concepção. Por outro lado, e, pacientes com alta taxa de insulina no sangue, é indicado o uso de fármacos específicos para a diminuição dessa substância. 

No próximo post, eu falarei da relação entre endometriose e infertilidade.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários