Semana Mundial da Amamentação - Dúvidas sobre aleitamento materno

Olá, meninas!
Neste mês, teremos a pediatra Dra. Ana Paula Eyama Imai respondendo dúvidas sobre aleitamento materno. Além de ser mamãe da Lívia e da Raquel, a Dra. Ana Paula também é a pediatra do meu filho, Guilherme, e dos bebês das minhas queridas pacientes!

Para mais informações sobre a Dra. Ana Paula, consultem o link: https://facebook.com/draanapediatra

1) Por que o aleitamento materno é tão importante para o bebê?
O leite materno possui propriedades únicas que oferecem ao bebê, em um único alimento, todos os nutrientes em proporções certas para que o crescimento e desenvolvimento da criança aconteça da melhor forma. Além disso, as vitaminas, os sais minerais e os anticorpos protegem o bebê de muitas doenças. 

Amamentar não é só nutrição, mas vínculo da mãe com o bebê, afeto, carinho e proteção!  E ainda é a forma mais prática e econômica.
 
2)Até que idade o aleitamento materno é indicado?
A Organização Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria preconizam a amamentação exclusiva, ou seja, somente leite materno sem outros alimentos, até os 6 meses de vida.
Após a introdução dos outros alimentos, a recomendação é amamentar até os dois anos ou mais!

3) Por que algumas mulheres não produzem, ou têm pouca produção de leite? O que fazer nesses casos?
 
Algumas doenças ou mesmo algumas cirurgias nas mamas, podem impedir a produção de leite materno, mas em geral, as mulheres que têm baixa produção de leite precisam somente de uma hidratação e alimentação adequadas e descanso para voltar a amamentar tranquilamente.
Sempre que a mulher considerar que não tem leite suficiente deve procurar seu médico obstetra ou pediatra da criança para verificar se isso está acontecendo mesmo, pois muitas vezes, é só uma impressão!

4)Quando é necessário complementar o aleitamento materno? Essa prática pode ser prejudicial para o bebê?

Complementar o aleitamento não é necessário na maioria dos casos. O melhor estímulo para a produção de leite é o bebê mamar!
Algumas vezes, por alguma complicação do parto ou impossibilidade da mãe amamentar, aí sim o bebê pode precisar de complemento. Sendo orientado pelo pediatra, não haverá prejuízos para o bebê e, aos poucos, a mãe poderá voltar a amamentar exclusivamente!
 
5) O que fazer quando o leite empedrar? Como evitar?
Se o leite empedrar, fazer massagens, ordenha manual e compressas frias vão ajudar. Colocar o bebê para mamar é um alívio rápido e eficiente!

6) Existe algum caso em que a amamentação é proibida? Quando?
São raras as doenças que impossibilitam a amamentação como no caso de mães com HIV ou HTLV, mães em uso de medicamentos como os de quimioterapia e algumas doenças metabólicas raras do bebê, por exemplo, galactosemia e fenilcetonuria.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários