Os riscos da gestante que tem hipotireoidismo

Oi gente! Vamos falar novamente sobre esta deficiência da glândula tireoide? Lembre-se que, se tratada corretamente a doença não oferece risco para mãe e nem para o bebê.

A doença pode oferecer alguns riscos para o bebê como, nascimento prematuro, problemas cognitivos, baixo QI, batimentos cardíacos mais acelerados e em casos mais complicados pode nascer morto.

Já a mãe pode desenvolver pré-eclâmpsia, e geralmente, isso acontece por volta da 20ª semana de gestação. O que causa pressão alta, podendo afetar outros órgãos.

Por isso, o pré-natal é de extrema importância. Faça o acompanhamento corretamente e tenha uma gravidez tranquila e saudável.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários