Miomas e infertilidade

Olá, meninas! Em mais um post da série sobre infertilidade, vou falar sobre a relação entre miomas uterinos e a dificuldade para engravidar. Confira!

É importante ressaltar que nem todo o mioma é responsável pela infertilidade. A dificuldade de conceber relacionada a essa patologia vai depender do tipo de mioma (intramural, suberoso e submucoso) e da sua localização no útero. Apenas 5% dessa patologia pode influenciar na fertilidade feminina.

Uma pesquisa realizada pelo Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Universidade de Auckland, Austrália, analisou a fertilidade de pacientes com os três tipos de miomas já citados. Como resultado, mulheres diagnosticadas com miomas subserosos não apresentaram alterações na capacidade de concepção, já aquelas diagnosticadas com os tipos submucosos e intramurais tiveram uma perda significativa na capacidade de gestação.

No caso dos miomas submucosos a infertilidade se explica principalmente pela localização do tumor. Esse tipo de nódulo ocupa a parte interna do útero, causando uma distorção da anatomia do útero e impedindo que o feto se desenvolva corretamente. Já os intramurais dificultam bastante a implantação do embrião devido a sua localização na parede uterina

Em alguns casos apenas a cirurgia para a retirada dos miomas pode ajudar a melhorar as chances de concepção de um casal. Por isso, é importante conversar com o ginecologista para buscar o melhor tratamento. Cuide-se e até a próxima!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários