Frequência, complicações e consequências da miomectomia nas mulheres em idade reprodutiva

Olá. No post de hoje, eu vou falar sobre as consequências e indicações da cirurgia para retirada de miomas em mulheres em idade reprodutiva.

Os miomas uterinos atingem entre 20 e 25% de mulheres no mundo todo e podem ser tratados de forma cirúrgica, também chamada de miomectomia.  Essa técnica é indicada em casos de infertilidade, tumores maiores de 4 cm e em casos de abortos de repetição causados pela doença. Existem dois tipos de procedimento, a laparoscopia e a histeroscopia.

Um estudo, divulgado no Journal of Endometriosis and Pelvic Pain Disorders, realizou uma análise retrospectiva de 218 pacientes submetidos à miomectomia entre 2011 e 2013 para avaliar as consequências e vantagens da cirurgia, principalmente em casos de infertilidade.

Como resultado, observou-se que em 68% dos casos, a cirurgia foi indicada como “preparação” para a gestação. A taxa de concepção nas pacientes submetidas ao procedimento foi mais de 51%, segundo a pesquisa.

Apesar dos resultados animadores, a indicação da cirurgia deve ser avaliada caso a caso, levando em conta o tamanho do mioma, a sua localização, sintomas e desejo de gravidez de cada mulher.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

2 Comentários