Endometriose X Técnicas de Reprodução

Bom dia! Neste post, eu falo sobre as técnicas de reprodução assistida para as mulheres que sofrem com a endometriose. Estima-se que entre 30 e 50% das pacientes com a doença apresentam infertilidade ou dificuldade para engravidar.

A endometriose tem quatro graus, dependendo da localização, quantidade, tamanho e profundidade dos focos.

– Grau I (mínima)

– Grau II (leve)

– Grau III (moderada)

A inseminação artificial é indicada, geralmente, para as pacientes sem obstrução tubária (de maneira geral, em casos de endometriose tipo I e II).  A mulher começa o tratamento com medicamentos para a indução da ovulação, isso deve ocorrer no início do ciclo menstrual e dura em torno de 14 dias. A inseminação é realizada após a liberação do (s) óvulo (s), que normalmente coincide com o período fértil da mulher. O teste de gravidez é realizado depois de 12 dias.

Já a fertilização in vitro é indicada para as mulheres que apresentam endometriose graus III e IV. Os óvulos e espermatozoides são coletados e o processo de fertilização é realizado em laboratório. Portanto, fora do organismo.

*Importante: Pacientes com suspeita de endometriose e com problemas para engravidar devem também passar por uma avaliação de um especialista em Medicina Reprodutiva.

Entenda como a endometriose influencia na fertilidade 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários