Alimentação e endometriose – O que você come pode diminuir os sintomas da doença

Olá, meninas. O post de hoje é especialmente para aquelas que sofrem com as dores da endometriose. Vocês sabiam que alguns ajustes na alimentação podem ajudar a aliviar sintomas das doenças? É sobre isso que vou falar aqui no Blog.

Quando algumas células do endométrio retornam ao organismo por meio da menstruação retrógrada, se alojam fora do útero e não são eliminadas pelo corpo humano, desenvolve-se a endometriose. Essas células são responsáveis pela produção de substâncias inflamatórias que agravam os sintomas da doença.

Por esse motivo, é muito importante manter uma alimentação saudável. Alguns alimentos possuem ação anti-inflamatória e podem auxiliar a diminuir os incômodos da patologia.

Hábitos alimentares que podem contribuir para o alívio da endometriose:

- Reduza a ingestão de alimentos que provoquem reação inflamatória. Carne vermelha, leite, queijos e derivados, frituras, açúcares, alimentos embutidos, bebidas com gás e farinha branca são substâncias que devem ser evitadas;

- Aumente a ingestão de verduras, legumes e frutas em geral;

- O Ômega 3 pode ser um ótimo aliado para portadoras de endometriose. Estudos apontam que essa substância contribui para a diminuição dos níveis do hormônio estrogênio. Aposte em alimentos como batata-doce, abóbora, cenoura, verduras escuras (rúcula e espinafre, por exemplo) e principalmente peixes como o salmão e o atum;

- Cuide da sua imunidade. As principais pesquisas de endometriose relacionam a patologia com a baixa imunidade do organismo da paciente. Alguns alimentos podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico, por exemplo: as castanhas;

- Aumente o consumo de alimentos com antioxidante, que ajudam a combater reações inflamatórias. Os cereais podem ser bons aliados nesse caso.Além dessas dicas, é importante realizar exercícios físicos e procurar um nutricionista. Esse profissional poderá adequar a sua dieta para alimentos mais saudáveis e impedir a falta de nutrientes importantes. Cuide-se!
 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

1 Comentários