Últimas do Blog

Infertilidade.jpg fertilidade Infertilidade e a Síndrome dos Ovários Policísticos Bom dia meninas! No post de hoje – o último da série sobre a Síndrome dos Ovários Policísticos – vou falar sobre a relação da infertilidade com essa doença e como combatê-la. A SOP é um dos principais fatores de infertilidade em mulheres com idade reprodutiva. Isso porque um dos sintomas mais comuns da doença é a ausência da menstruação, ou seja, a mulher não ovula. Sem ovulação regular, a gravidez não acontece. Quando a infertilidade é apenas uma consequência da doença, o tratamento mais indicado é a estimulação ovariana. A indução é feita por meio de medicamentos, assim a…Continuar Lendo
Pílula anticoncepcional.jpg ginecologia Tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos Nos últimos posts, eu falei sobre os sintomas e diagnóstico da Síndrome dos Ovários Policísticos. Hoje, você vai saber mais sobre os tratamentos da SOP. Por atingir vários setores do organismo, a SOP exige um tratamento diversificado e multidisciplinar, procurando diminuir os sintomas e impedir que novos cistos cresçam, mas sempre levando em conta os desejos e planos da paciente. Quando a mulher não tem planos de engravidar, o anticoncepcional oral pode ser uma boa solução para a patologia. Além de combater os sintomas, a pílula ajuda a regularizar os hormônios e manter a doença mais controlada. As intervenções cirúrgicas só…Continuar Lendo
ovário policístico.jpeg ginecologia Síndrome dos Ovários Policísticos – Parte 2 – Sintomas e diagnóstico Olá meninas! Hoje vamos falar sobre os sintomas e o diagnóstico da Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP). No post anterior eu expliquei o um pouco sobre o que é a patologia. Se você perdeu, confira aqui! As pacientes portadoras de SOP tem uma característica muito comum de apresentarem ciclos menstruais longos (como já dito algumas pacientes chegam a não menstruar durante 1 ano - nos casos graves), muitas dessas pacientes são obesas, porém mesmo aquelas mulheres magrinhas podem ter a Síndrome dos Ovários Policísticos, portanto todas as mulheres com ciclos menstruais irregulares devem se atentar aos sintomas abaixo: - Presença de acne intensa, principalmente no rosto (bochecha). São mulheres adultas…Continuar Lendo
SOP ilustração.png ginecologia Síndrome de Ovários Policísticos – Parte 1 A partir de hoje, faremos uma série especial sobre a Síndrome dos Ovários Policísticos, alteração hormonal que causa irregularidade menstrual, podendo levar à infertilidade. Ao longo da série, vamos falar sobre causas, sintomas e tratamentos para essa patologia. Em primeiro lugar, vamos esclarecer a diferença entre Síndrome dos Ovários Policísticos e a presença de folículos no ovário. A mulher em idade reprodutiva apresenta múltiplos folículos em seus ovários, chamados de folículos antrais, estes referem-se ao grau de fertilidade da mulher. Porém, algumas mulheres apresentam ciclos menstruais irregulares às custas da não ovulação, isto é, o não crescimento destes folículos.  Nestas mulheres, a presença de ciclos menstruais longos (menstruações a cada 45 dias ou mesmo…Continuar Lendo
toxoplasmose e gravidez.png obstetricia Saiba como prevenir a toxoplasmose durante a gravidez Bom dia, meninas! Neste post, eu falo sobre os cuidados que se deve ter para evitar a toxoplasmose. Confira!   A toxoplasmose é uma doença infecciosa causada por um protozoário encontrado em carnes cruas ou malpassadas, em fezes de felinos, hortaliças e água contaminada. Embora seja geralmente inofensiva para a mãe, a patologia pode causar sérias complicações para o bebê. Na maior parte dos casos, as pacientes que já tiveram a infecção antes da gravidez se tornam imunes à doença. Aquelas que nunca tiveram contato não possuem anticorpos e por isso têm mais chances de contrair o problema. Diante disso, a mulher deve…Continuar Lendo
ninfoplastia 12.jpg ginecologia Quando a menstruação irregular pode indicar problemas de saúde Bom dia, meninas! Hoje eu vou falar a respeito de uma dúvida frequente entre as mulheres. No consultório, muitas pacientes me perguntam sobre a irregularidade dos ciclos menstruais. Em primeiro lugar, é importante que vocês saibam que é normal a menstruação atrasar uma vez ou outra, e que esse atraso não significa necessariamente que você está grávida ou que tem algum problema uterino. Uma menstruação que dura entre 2 e 7 dias com intervalo entre 25 e 32 dias é considerada regular.  Portanto, se o seu período dura um pouco mais, ou um pouco menos do que 28 dias, não se assuste,…Continuar Lendo

Vídeos

AGENDE SUA CONSULTA

Nome:

E-mail:

Telefone:

Celular: