Últimas do Blog

alimentação saudável.jpg endometriose Alimentação e endometriose – O que você come pode diminuir os sintomas da doença Olá, meninas. O post de hoje é especialmente para aquelas que sofrem com as dores da endometriose. Vocês sabiam que alguns ajustes na alimentação podem ajudar a aliviar sintomas das doenças? É sobre isso que vou falar aqui no Blog. Quando algumas células do endométrio retornam ao organismo por meio da menstruação retrógrada, se alojam fora do útero e não são eliminadas pelo corpo humano, desenvolve-se a endometriose. Essas células são responsáveis pela produção de substâncias inflamatórias que agravam os sintomas da doença. Por esse motivo, é muito importante manter uma alimentação saudável. Alguns alimentos possuem ação anti-inflamatória e podem…Continuar Lendo
autoexame mama.jpg ginecologia Outubro Rosa – Parte 3 – Você está realizando o autoexame corretamente ? Bom dia, meninas! No último post, eu apontei alguns sintomas e sinais do câncer de mama! Hoje, eu vou falar sobre uma atitude muito importante: o autoexame das mamas. Uma pesquisa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontou que esse é o método mais usado pelas brasileiras para a detecção da doença. Por isso, realizar o exame de forma correta é essencial para a sua saúde. É importante ressaltar que o autoexame não é a forma principal de prevenção, e deve ser usado como medida secundária e complementar à mamografia, que é o meio mais eficaz de detectar tumores em estágio inicial. Confira algumas dicas para fazer…Continuar Lendo
outubro_rosa.jpg ginecologia Outubro Rosa: É preciso prevenir o câncer de mama Olá, meninas! Hoje, eu começo uma série especial sobre o Outubro Rosa, mês de prevenção à neoplasia de mama. O câncer de mama ocorre quando há o crescimento desordenado de células mamárias, com anormalidades. É comum o desenvolvimento excessivo de algumas células. Se não há anomalias genéticas, essas células são consideradas tumores benignos ou cistos benignos, que podem ser removidos cirurgicamente, de acordo com a indicação médica. A maior parte dos tumores malignos se desenvolve nos ductos, ou nos lobos. Segundo o Instituto do Câncer (INCA), todos os anos ocorrem mais de 57.000 novos casos de câncer mamário, o que corresponde a 25% do total…Continuar Lendo
menino menina.jpg obstetrícia Sexagem fetal – Tudo o que você precisa saber sobre esse exame Olá, meninas. Uma das principais dúvidas das grávidas durante a gestação é sobre a descoberta do sexo do bebê, e do exame de sexagem fetal. Esse é o assunto do post de hoje. Geralmente, só é possível identificar o sexo do bebê por meio de uma ultrassonografia a partir da décima sétima semana. Porém, para papais e mamães mais ansiosos, uma alternativa é realizar a Sexagem Fetal, um exame de sangue que pode ser realizado a partir da oitava semana e tem índices altíssimos de confiança. Mas como funciona esse exame? Simples. O sexo do bebê é definido por um…Continuar Lendo
cólica 2.jpg ginecologia Consequências a longo prazo: Síndrome Metabólica Olá. Hoje eu vou falar sobre a Síndrome Metabólica, uma das consequências em longo prazo mais comuns da Síndrome dos Ovários Policísticos. Mulheres diagnosticadas com a SOP apresentam um maior grau de resistência à insulina e maiores índices de hiperinsulinemia secundária, e consequentemente, estão correndo um risco maior de desenvolverem complicações em longo prazo. Uma das mais frequentes é a Síndrome Metabólica. Leva esse nome a condição que causa resistência do organismo à ação da insulina e que sobrecarrega o pâncreas, produzindo cada vez mais essa substância, que se acumula no organismo. Esse acúmulo pode aumentar a predisposição da mulher…Continuar Lendo
saúde feminina.jpg ginecologia Consequências em curto prazo da Síndrome dos Ovários Policísticos Olá. No post de hoje, eu falarei das consequências da Síndrome dos Ovários Policísticos em curto prazo. De curto prazo, as consequências mais prevalentes são alterações de aspecto dermatológico, reprodutivos e emocionais ou de humor. No primeiro caso, incluem-se os reflexos do hiperandrogenia na pele. O hirsutismo é o mais comum, e afeta cerca de 70 % das mulheres diagnosticadas com a SOP. Já a alopecia androgênica e a acne atingem 34% e 25%, respectivamente, portanto, são consequências menos prevalentes. Já no aspecto reprodutivo, estima-se que a Síndrome dos Ovários Policísticos seja responsável por 80% dos casos de infertilidade anovulatória,…Continuar Lendo
obesidade.jpg ginecologia A relação entre obesidade e Síndrome dos Ovários Policísticos Olá. No post de hoje, eu falarei sobre a relação entre a obesidade e a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), que é bastante complexa. Estudos apontam que entre 30 e 75% das mulheres diagnosticadas com a SOP apresentam algum grau obesidade. Esse problema pode propiciar outras comorbidades importantes como complicações metabólicas e maior incidência de alguns tipos de câncer, ocasionados pelo aumento do nível de estrogênio. Mulheres obesas portadoras da SOP podem desenvolver um tipo mais severo da síndrome com maiores índices de resistência à insulina, hiperinsulinemia, disfunções metabólicas severas e hiperandrogenismo. Além disso, vários estudos apontaram que há uma chance maior de resistência à…Continuar Lendo

Vídeos

AGENDE SUA CONSULTA

Nome:

E-mail:

Telefone:

Celular:

Captcha